terça-feira, 30 de agosto de 2016



Já nos diz o ditado para não dizermos a Deus que temos problemas, mas dizermos ao problema que temos um grande Deus... Assim, é prova de fé que deixemos Deus cuidar de nossos problemas, ao tempo D'Ele... Deus nunca dorme e não deixa cair o mal sobre os justos...Senhor, que possamos ser sempre dignos de seu Amor e jamais desamparados de suas graças...

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Templo do Espirito


Quantas vezes não maltratamos nosso corpo,  nosso organismo,  nossas mentes, sem nos ater do quão importante é cuidar dele? Somos todos templo do Senhor...  Ele habita em nós... É preciso que cuidemos bem do nosso corpo, pois se não nos amamos, como podemos dizer que amamos a Deus do qual fomos feito à Sua imagem e semelhança? Hoje,  busquemos cuidar do nosso corpo, consciente de tudo que fazemos com ele... e peçamos a ajuda do  Espírito Santo, para o que vamos fazer hoje...

domingo, 28 de agosto de 2016

Romaria à Aparecida do Norte.

Este ano pude voltar mais uma vez na Casa da mãe do nosso Salvador, Jesus... Um santuário grandioso, como deve ser, erguido em honra àquela que foi engrandecida em primeiro pelo próprio Deus... Maria, mãe de Deus, mãe dos homens e mãe da igreja... 

 Todos os anos participamos, eu, a esposa e as crianças, que já não estão tão crianças assim, da Romaria oficial da Arquidiocese do RJ ao Santuário. Acho que somente ano passado não fomos, por problemas alheios à nossa vontade. Este ano, estiveram conosco nessa jornada o Diácono Adahil Morais, em serviço na Matriz de Santa Rita, no centro, com quem pudemos partilhar algumas experiências e nos tornamos mais próximos. Também os compadres e irmãos Claudia e Guaraci, que inclusive dividiu comigo a direção, já que só vamos de carro, e ajudou a tornar a viagem bem agradável e menos cansativa. Os meninos foram no ônibus da paróquia junto com outros jovens, coroinhas, e conduzidos pelo seminarista, fizeram uma romaria à parte. 

Como sempre, chegamos cedo ao Santuário, possibilitando ainda poder dar uma descansada, ainda que no carro. Despertados pelo movimento dos romeiros chegando, participamos do terço no Pátio dos Apóstolos, conduzido pelo nosso Arcebispo Dom Orani Tempesta. Depois, participamos da Santa missa co-celebrada por todos os padres de nossa Arquidiocese do RJ. Aproveitamos o dia subindo a torre da Basílica que os amigos ainda não conheciam e lá de cima pudemos observar a linda e limpa cidade de Aparecida do Norte.




No retorno para casa, demos uma entrada na cidade de Guaratingueta e visitamos o Santuário de Frei Galvão... Uma modesta e simples igrejinha dedicada a este Santo cuja devoção tem crescido a cada dia... Este ano foi muito gostoso e maravilhoso... Obrigado mais uma vez aos amigos que nos acompanharam e ajudaram a tornar esse dia mais gostoso.


sexta-feira, 26 de agosto de 2016



Olá a todos...

faz muito tempo que não apareço por aqui... criei este espaço e durante algum tempo alimentei-o com algumas experiências e, depois, sumi... e lá se foram 3 anos... com a popularização do facebook e o leque de opções de postagens que aquela rede social proporciona, fatalmente resultou no abandono deste canal...

Não, sei...

apareci por aqui hoje com algumas ideias para postagens... postagens estas que ainda não queria compartilhar naquele canal, mas alcançar outras pessoas, ou mesmo, mais pessoas... trata-se agora de preparar o corpo para a vinda do Senhor, além do Espírito, claro... pois este não pode ser deixado de lado nunca... Buscai primeiro as coisas do alto e no mais tudo lhe será dado, pela graça do Senhor... este poderia ser o título de minha postagem re-inicial...

Bom, ainda não sei... no decorrer dos dias voltarei e contarei mais coisas...


Por enquanto, estou por aqui... orando por cada um de vocês que seguem este blog, pedindo por seus familiares e amigos...

que Deus abençoe a todos e até breve....

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Homilia Santa Rita - 08 02 2013


Homilia 08 02 2013
 
As leituras de hoje nos orientam como deve ser um verdadeiro Cristão, um Cristão autentico, que persevera no amor. Perseverar no amor é difícil, mas não é impossível e podemos demonstrar isso em pequenos gestos em nosso dia a dia, através da humildade, hospitalidade, generosidade, solidariedade, senso de justiça... é preciso que abramos nossos corações e não nos deixemos levar por coisas sem valor que em nada nos acrescenta espiritualmente.
 
Que em nossa missão Evangelizadora, seguidores de Cristo, possamos anunciar com amor, a vinda de Jesus.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Homilia Santa Rita 07 02 2013

Homilia 07 02 2013

“Recomendou-lhes que não levassem nada para o caminho, a não ser um cajado; nem pão, nem sacola, nem dinheiro na cintura.

O Evangelho de hoje vem nos falar a respeito de “renúncia”, “desapego”.

Olhando para dentro de cada um de nós, podemos observar que por vezes somos pessoas com uma forte tendência ao apego, e apego exagerado, tanto de pessoas quanto de coisas, que acabam, inclusive, por expulsar Deus do lugar D´Ele, dentro de nosso coração.

Como humanos, ainda que se diga que temos um enorme coração, na verdade temos um coração limitado.  É o amor aos filhos, à família, aos amigos, a Deus... daí, a partir de começar também a encher o coração de bens matérias, com o excesso de bens às pessoas que nos cercam, o amor a Deus vai ficando sem lugar, vai ficando distante, pois a nossa atenção volta-se para o que está mais próximo de nós.

Através da Palavra de hoje, vemos que a cura, a restauração, a libertação, se inicia a partir do desapego às coisas materiais: não leveis duas túnicas, não leveis dinheiro, enfim, que partam livres deixando para trás o que lhes poderiam desviar atenção do que deveriam fazer.

O apego exagerado de certa forma nos escraviza. Vejamos o ciúme, que nada mais é o apego exagerado à pessoas: ciúme do marido, dos filhos, dos amigos. E o exagero deste apego por vezes desgasta uma relação. E quantas vezes compramos coisas desnecessárias e deixamos em um canto da casa, sem utilizar, mas também sem deixar que joguem fora ou doem? E onde fica a fé na provisão de Deus? Ele não nos provê do necessário para a subsistência? É preciso ser livre. É preciso se desfazer de determinadas coisas, principalmente porque esse apego pode nos fazer mal. O que importa nessa vida é termos o necessário, sob pena de nos tornar escravo das pessoas e coisas. É preciso rever este conceito, é preciso ser liberto dessas amarras.

Peçamos hoje a Deus que possamos ser livres e como filhos e filhas de Deus, levar somente o necessário e vivendo uma vida completamente em Deus, dar testemunho das maravilhas que Ele opera em nós. –
 
Pe. Marcelo Cretton

 

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Homilia Santa Rita - 06 02 2013

Homilia 06 02 2013


As leituras de hoje nos mostra a importância em se observar os mandamentos de Deus e segui-los.

Não raro termos o costume de culpar a Deus pelas falhas que acontecem em nossa vida. Contudo, se conhecêssemos a Palavra de Deus e a seguíssemos, muitas coisas verdadeiramente não ocorreriam. A Palavra de Deus nos educa a uma vida cristã, uma vida com dignidade, com respeito ao próximo, enfim, uma vida de Paz interior e exterior. Mas desprezamos a Palavra, não querendo escutá-la ou segui-la e quando nossas vontades dão erradas, colocamos a culpa no Senhor.

No evangelho, vemos um Jesus que foi ensinar, educa em uma sinagoga. Mas o povo não queria ouvi-lo, o que fez com que não conseguisse realizar nenhum milagre na sua própria comunidade. Primeiro em razão de sua existência, afinal a população o via como um deles e não como filho de Deus. Conheciam sua mãe e seu pai terrenos. Segundo, em razão dos milagres. O povo queria ver os milagres de Jesus, tomando-o por curandeiro, milagreiro. Mas para Jesus, o milagre, a transformação, deve vir depois da Palavra aceita. Por isso para Jesus é mais importante sim, educar, ensinar ao povo o Caminho do Reino.

Para parte do povo, não existia essa dificuldade; o pobre, o marginalizado, o excluído, acreditavam em Jesus, conheciam a Jesus e sabiam que os milagres aconteciam após seus ensinamentos.

Jesus tem muito ainda a evangelizar e devemos nós, agora, ser a boca de Jesus. Por vezes nos acomodamos em nosso viver, dizendo inclusive que vamos como deus quer. Mas Jesus não foi acomodado. Seus discípulos não foram acomodados. Não podemos ser acomodados no serviço ao Senhor. A partir da Palavra de Deus, devemos também seguir a Jesus, ensinando e educando na fé.

Pe. Donato Vasconcellos, Missionário da Sagrada Família